Fiasco revive 'EleNão'

Fiasco: Faixa na cercania de Davos, estampada por ativistas

 

O fiasco do presidente Jair Bolsonaro vai além de sua relação com a imprensa. Foi estampada nas cercanias de Davos, na Suíça, uma faixa pedindo ‘EleNão’. Ela remete a um dos lemas – temas da campanha eleitoral e que pode voltar à cena política; confira os vídeos

 

Matéria publicada pelo Brasil 247

 

 

O fiasco do presidente Jair Bolsonaro vai além de sua relação com a imprensa. Foi estampada em Davos, na Suíça, uma faixa ‘#EleNão’, colocada na ponte ferroviária de Graubünden, no país europeu, a cerca de 24 Km de Davos, e caminho obrigatório para quem circula na região. A faixa remete a um dos lemas-temas da campanha eleitoral da oposição e que pode voltar à cena política.

Foi uma ação conjunta Organizada por ativistas alemãs, suíços e brasileiros, como Brasil pela Democracia – Suíça | Campax | Comunidade Cultura da Paz. Também fazem parte da iniciativa Jovens do Partido Verde da Suíça, Jovens do Partido Socialista da Suíça, Aliança pró Clima da Suíça, Fundação Solidariedade do Partido Solicialiata de Graubünden, Cantão onde fica Davos, SP Graubünden – PS – além da região de Grischun e Grigioni, e o Partido Socialista Suíço.

O desempenho de Bolsonaro decepcionou tanto a imprensa nacional como a internacional. Na terça-feira (22), falou menos de 10 minutos dos 45 disponíveis e marcado pela superficialidade.


 


 
Inscreva-se na TV 247 Youtube

Leia também: Davos, Bolsonaro: um romance possível